Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

O profe apresentou a brasa. Era editora numa das grandes casas editoriais de Nova Iorque. 

- Oh, que coisinha doce - disse ele, aproximou-se e apertou-lhe a coxa direita. - Amo-te. 

- És rápido - disse ela. 

- Bem, sabes que os escritores têm sempre de beijar o cu dos editores. 

- Pensava que era o contrário-

- Não é. Quem passa fome é o escritor. 

 

Charles Bukowski in Grita Quando Te Queimares - Música para Água Ardente (1983)

Antígona (2015)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.