Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

11
Jan17

teorema do porto

Cecília

Fui sempre fiel ao Porto, a que pertenço e sempre pertenci, que me pertence como uma roupa do corpo que me veste por dentro, como uma pele imemorial em que o tempo conta muito e não conta nada. Como um espelho em que me revejo e identifico e em que me poderei finalmente reconciliar comigo próprio. 

O Porto, para mim, na clareza lapidar e fulgurante da Sophia é a pátria dentro da pátria (...). 

Não conheceu o destino imperial de Lisboa nem o seu culto do aparato e da aparência - aqui dizemos p'ra inglês ver - o Porto nunca teatralizou a sua existência nem se espanta e espaventa com facilidade. 

Povo de gente rija habituada à humidade e à poluição, à poupança, à contenção e a fazer contas à sua moda, à insatisfação e a subir na vida a pulso, aos engarrafamentos, aos bloqueios, às mentiras dos governos, o seu carácter sempre foi a sua virtude através dos tempos difíceis ou dos outros que também nunca lhe foram servidos de bandeja. Cada cidade tem o seu teorema, só que é quase sempre impossível demonstrá-lo. Ou será que as raízes das palavras são quadradas como ironicamente questionava Ionesco? (...)

O carácter do Porto é a sua verticalidade, é a sua frontalidade imbuída de uma rudeza franca e leal.

 

Miguel Veiga 

 in Espírito do Porto - Aguarelas de Vasco d'Orey Bobone
2004 QN - Edições e Conteúdos SA

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub