Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

27 Nov, 2019

memória diamante

Um diamante no teu coração, será essa a sua memória. Para te dar coragem sempre que necessites.    Wray Delaney - Memórias de Uma Cortesã  (2016) Quinta Essência, Oficina do Livro (2017)    
Em Portugal, segundo informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), a taxa média de suicídios está acima da média global, nomeadamente 13,7 por cem mil habitantes, face a uma taxa mundial de 10,7. Ainda segundo a OMS, suicidam-se diariamente em todo o mundo cerca de 3000 pessoas, uma a cada 40 segundos. E por cada pessoa que se suicida, 20 ou mais cometem tentativas de suicídio. O número anual de suicídios representa cerca de metade de todas as mortes violentas registadas (...)
o único meio de sacudir tragédias e enfrentar desgraças é encará-las de frente e de coração ao alto. E, virando-se para o defunto no retrato, arranca a confirmação: Sabes bem, ó Sarmento, que sempre fui mulher de honra e de coragem! Se Deus te tragou nas ondas do mar, foi porque achou ser eu capaz de governar-me sozinha!    Álvaro Guerra – Razões de Coração (1991) Coleção Mil Folhas PÚBLICO (2002)        
19 Mar, 2019

dad

Your Very Own Guardian Angel The loss of a father Is a heavy burden to bear. He's a source of quiet strength That is so missed when he's not there. Take comfort he's in Heaven, And looking down at you. He'll be there through the coming years, Watching over and guiding you. He's your very own guardian angel, And he'll be with you to the end, When you meet again in Heaven, And your broken heart will finally mend. in https://dying.lovetoknow.com/Poem_in_Memory_ (...)
- Eu diria que a Nancy te deixou por causa de outro homem. Preto, branco, vermelho ou amarelo. Toma nota desta regra e estarás sempre protegido: uma mulher raramente deixa uma vítima sem ter outra à mão.  - Meu - disse Paul -, eu preciso de ajuda, não de teoria.  - A menos que compreendas a teoria, vais precisar sempre de ajuda...     Charles Bukowski in Harry Ann Landers - Música para Água Ardente (1983) Antígona (2015)         Teoria_triangular_do_amor (...)
27 Abr, 2018

27.11.5 (FIM)

Eu sentei-me num cadeirão à frente dela. Ela bebeu uma cerveja e contou-me o que se passava: « Eu amo-o, sabes, mas não consigo qualquer contacto, ele não fala. Eu digo-lhe fala comigo! Mas, por Deus, ele não fala. Ele diz: " Não és tu, é outra coisa." E é o fim da conversa.»   Charles Bukowski in Não Foi Bem Bernadette - Música para Água Ardente (1983) Antígona (2015)      
27 Mar, 2018

27.11.4

 Sem olhar para trás. Sem ver o céu azul, o calor a bater. O sol a brilhar, a faiscar nos frisos dos carros que passam. O vento suave, a música no rádio. Nada disso, nada dessa beleza quotidiana se manifestou. Porque a decisão já estava tomada. Ponderada. Aceite. Quando isso acontece, um véu de cegueira cobre a cara do morto anunciado. Como uma droga, uma embriaguez que omite a verdade. Que omite o mundo real, aquele que passa ao lado do universo que nasceu na mente do suicida. A (...)
19 Mar, 2018

pai para sempre

 - A morte não tresanda - disse a mulher -, só os vivos tresandam, só os moribundos tresandam, só os putrefactos tresandam. A morte não tresanda.     Charles Bukowski in Uma Brasa de Mulher - Música para Água Ardente (1983) Antígona (2015)       (obrigada B. pelo privilégio de me ter tornado mãe contigo. pela honra de ser mãe das tuas filhas. direi sempre às nossas meninas que são filhas de um homem bom. o melhor homem que conheci até hoje. para sempre , eu e (...)
27 Fev, 2018

27.11.3

Falaria de amor. Diria: o que se opõe ao amor se afeiçoa à morte.    Valter Hugo Mãe – Homens imprudentemente poéticos Porto Editora (2016)