Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

18 Jul, 2018

dá para explicar

Assírios, caldeus, egípcios e outros infiéis liquidaram o antigo Império de Salomão, criado para grande glória de Deus. Dele restaram, como sugestiva legenda turística, os conhecidos jeremíadas, ou sejam as cartas ao Director do «Diário Popular», que o profeta Jeremias escreveu sentado nas ruínas da desditosa Sion (67).   (67) As causas da queda do reino de Salomão não foram ainda completamente determinadas. Tendo sido então nomeada uma comissão de inquérito, para (...)
26 Jun, 2018

fado ferrari

Não tendo ainda descoberto a América e não podendo portanto receber auxílio do Plano Marshal, a extremidade ibérica deste nosso mundo ocidental atravessava então momentos difíceis. Sem indústria pesada, sem divisas da área do dólar, a contas com a inflação e com o maior cardume de tubarões de que reza a história, a sua economia não se mostrava à altura das circunstâncias. Os metálicos filões que haviam dado o nome às Idades do Cobre, do Bronze e do Ferro, tinham (...)
Trata-se de um dos monumentos mais famosos da civilização japonesa, o jardim de rochas e areia do templo Ryoanji de Kyoto, a típica imagem da contemplação do absoluto que se alcança com os meios mais simples e sem recorrer a conceitos exprimíveis por palavras, segundo os ensinamentos dos monges Zen, a seita mais espiritual do budismo (...) Ao longo do quarto lado está um estrado de madeira com degraus onde o público pode passar e parar e sentar-se. «Se o nosso olhar interior (...)
Embora as ruínas das velhas cidades já não sirvam para nos elucidar sobre a qualidade e o aspecto das casas, os papiros falam-nos detalhadamente dos tormentos porque passava um egípcio de terceira classe para conseguir alugar (...) três assoalhadas no sexto esquerdo, sem elevador nem luz na escada. Quando adregava de encontrar uma dessas raras construções (...) com a curiosa designação de rendas limitadas (!) tinham que satisfazer as ilimitadas exigências do senhorio (...) Depois (...)
25 Jan, 2017

o porto é lindo

Os detalhes evitam o stress. Isto nunca foi dito desta maneira, mas está escrito em páginas de muitos autores (...).  O coração do Porto não se deixa conhecer. É silencioso quando julgamos que palpita. Não bate de maneira certa. Só quando a morte está perto é que o coração abranda (...). O Porto é difícil de retratar (...) o Porto (...) nos seus detalhes, aqueles que evitam a depressão, a languidez e a morte. Não se morre no Porto, muda-se de casa, de investimento, que é (...)