Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Defronte de mim o meu amigo, o banqueiro, grande comerciante e açambarcador notável, fumava como quem não pensa (...) Voltei-me para ele, sorrindo.  -- É verdade: disseram-me há dias que você em tempos foi anarquista... -- Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista.  -- Essa é boa! Você anarquista! Em que é que você é anarquista?... Só se você dá à palavra qualquer sentido diferente... -- Do vulgar? Não; não dou. Emprego a palavra no sentido vulgar.  (...)