Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

03
Mai22

celeb (descereb)

Cecília

Odeio cerimónias, lamentações [...] Odeio igualmente a pompa, a indiferença e o ênfase, sempre colocado no local errado, de todas as pessoas que se pavoneiam à luz de candelabros envergando vestidos de noite, estrelas e condecorações

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

15
Nov21

mesa no alto

Cecília

Todo o mundo é música de água ou transparência.

A inteligência é o sabor completo do silêncio.

Onde estamos é a insondável delicadeza de uma estrela.

A criança está com a mãe numa nebulosa dourada.

[...]

Todo o nosso saber é uma ignorância fértil.

O ritmo das nuvens ordena as nossas mesas.

 

António Ramos Rosa in O TEMPO - Obra Poética I

Assírio & Alvim (2018)

 

IMG_20211114_153609 (1).jpg

IMG_20211114_154109-EFFECTS.jpg

imagens: Cecília Carneiro

16
Mai21

aqui, esperando o lá

Cecília

O simples

estar aqui

deixa livre a ausência.

A presença confunde-se com o vazio exacto. 

 

António Ramos Rosa in MEDIADORA DA PRESENÇA - Obra Poética I

Assírio & Alvim (2018)

 

 

 

05
Mai21

ego sum luto

Cecília

 

Estrela, sim, estrela de argila

em núpcias consigo e com o mundo. 

 

António Ramos Rosa in MEDIADORA DO CORPO - Obra Poética I

Assírio & Alvim (2018)

 

 

30
Nov19

o maior tesouro

Cecília

 

A juventude num velho é o seu maior tesouro. E o mais notável é que todos tivemos uma infância, todos podemos regressar a essa infância e criar a partir desse retorno um mundo melhor. 

 

 

Afonso Cruz_ O macaco bêbedo foi à ópera - Da embriaguez à civilização (2019)
Fundação Francisco Manuel dos Santos e Afonso Cruz (2019)

 

 

 

05
Abr17

ir embora não mudando de lugar

Cecília

... não lhe mexi, não me apetecia mexer em ninguém conforme não me apetecia que me mexessem, apetecia-me deitar-me sem me despir e ir-me embora não mudando de lugar ...

 

 

António Lobo Antunes – Para Aquela Que Está Sentada No Escuro À Minha Espera (2016)
Publicações D. Quixote | Leya (2016)

 

 

 

 The staircase to Heaven is inside your heart; you enter through the
door of your soul.
Our whole life is but an attempt to find this miraculous entrance.
All our deeds are but a timid knocking on this mysterious door
All our hopes are to hear a voice that would respond, 'Come In!'

 

Come In! for 2 Violins and Orchestra (1988)

 

Vladimir Martynov

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub