Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

14.10.19

let bloom (don't blow)


Cecília

Eu era teimosa, ele era teimoso. Não me lembro do motivo, sei que nos pegámos os dois. Eu era muito mais pequena, devia-me ter calado. Mas começámos à tareia e o meu pai não gostou. Deu uma tareia nele. Eu fugi  e meti-me debaixo da cama. O meu pai procurou-me até ao fim, não tas vou perdoar. E depois, a tareia que tinha dado ao António deu-me a mim também - relato de Maria Amélia. 

Mas não há memórias que o descrevam a subir às árvores para ir aos ninhos, ou outras tropelias de miúdos. Já João, o mais velho, meteu um belo dia a irmã dentro de uma arca e esqueceu-se dela. Maria de Lurdes ia morrendo asfixiada, enquanto ele, aflito, a procurava sem se recordar onde a fechara dessa vez. Outra vez, guardou a irmã Amélia, uma criança minúscula, e ainda hoje uma mulher muito pequenina, dentro de uma mala de viagens. Depois pôs-se a correr pelo quintal, abanando a mala de um lado para o outro, até que ela se abriu e deixou cair a miúda completamente atordoada no meio do canteiro das alfaces. António, contudo, não deixou na memória dos irmãos episódios semelhantes:

- Desde muito miúdo já dizia que queria ser músico. Cantava as cantigas que ouvia na rádio e outras que inventava ele próprio (...) E a minha mãe assim: Toninho, vai cortar um bocadinho de erva para os coelhos, e ele: haviam de morrer todos! Sentava-se no quintal e começava a cantar. E a minha mãe: A erva para os coelhos, António? E ele, ó está bem, está bem! - Maria Amélia Ribeiro Costa recordá-lo-á, para sempre, ensimesmado e misterioso, muito solitário e sempre à procura de espaço para abrir a voz. - Ele já tinha dom. Nasceu com ele. Ele era diferente. Foi sempre diferente de nós todos. Vinha de férias e não gostava que ninguém o perturbasse. Há um penedo em cima, do outro lado da rua, ele sentava-se ali, muitas vezes, a escrever. Dizia: Vou para ali para cima. Não quero que ninguém chame por mim. Se alguém vier, eu não estou para ninguém. 

 

Manuela Gonzaga – António Variações, Entre Braga e Nova Iorque (2018)
Manuela Gonzaga e Bertrand Editora (2018)

 

04.07.18

estradas e janelas da memória


Cecília

Os correios acabam de abrir e Manuel Moita dirige-se para lá. Tem oitenta e três anos, Alzheimer, e vai aos correios várias vezes por dia para saber se tem correspondência. As pessoas têm paciência e lamentam aquela insistência que nasce da solidão e da doença.

     Os guardas sorriem quando o vêem. O cabo buzina enquanto o sargento Oliveira acena para o velho, que se assusta, encostando-se à parede. Então, no meio da confusão da sua cabeça, parece reconhecer aquelas caras e também acena, retomando a caminhada, mas em sentido contrário. Já  não se lembra de que ia aos correios e volta para casa. 

 

 

Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012)

Penguin Random House (2016)

 

 

 

 

28.06.18

dites-moi comment ça marche


Cecília

Ela caminha

Nós vemos a nossa vida passar

No fio

Nós vemos os anos passarem

Nós tentamos seguir o caminho certo

E nós não podemos rebobinar

Todos esses nós em nossas vidas

Se pudéssemos desamarrá-los

Então me diga como funciona

Me diga como funciona

Me diga como funciona

Me diga como funciona


De qualquer forma, andamos em fila

Em grupos ou não, caminhamos sozinhos

Goste ou não, temos um valor de mercado

da juventude até a mortalha

Caminhe ou morra, mas caminhe em linha reta

ande de ré ou não trabalhe

E os negócios, como vai

Saúde, família e o resto, como vai

Me diga como funciona

Me diga como funciona

Eu sei que nem sempre é do jeito que queremos

Nem sempre como desejamos

mas eu gostaria de alguns dos velhos dias felizes

Me diga como funciona


Eu me pergunto depois de todos esses anos

de novo e de novo

Eu sei onde estou indo mas não onde eu quero ir

Eu sinto que se eu me soltar

isso não me faria mal

Eu faria bem em arriscar, estaria errado em não tentar

Se eu quisesse eu poderia até parar, voltar atrás

Além disso as barreiras

precisam sempre ser superadas

Por que tenho medo de ser esmagado

por quem e pelo quê?

Eu não sei, mas o que eu sei é que

se estou com medo, é porque eu não sou o último

Como se houvesse apenas um destino, apenas um lugar

Apenas uma estrada para onde deveríamos ir

eu ficaria surpreso

Tudo que eu sei é que eu não sei, eu vou passo a passo

Sim, passo a passo

sim passo a passo


Eu vou passo a passo

(passo a passo, passo a passo, passo a passo)

Eu vou passo a passo

Tudo que eu sei é que eu não sei

Eu vou passo a passo

(passo a passo, passo a passo, passo a passo)


A cabeça dela em seu telefone

Sem fones de ouvido, acharíamos que ela é louca

Sem o Google, acharíamos que ela é burra

E sem filtros, acharíamos que é bonita

É muito fácil julgar, é muito fácil julgar

Se o objetivo dela na vida é se parecer com a Gigi

Mas sem cirurgia é mais Gégé que Gigi

Se a escola nos ensinou como fazer lindas selfies

Para ter um melhor começo de vida

para ter um melhor começo de vida

Sem saber para onde estamos indo, onde estamos

Sem saber onde nós terminaríamos

Sem saber onde estamos, para onde vamos

Sem saber onde vai acabar

A cabeça dela em seu telefone

Sem fones de ouvido, acharíamos que ela é louca

Sem o Google, acharíamos que ela é burra

E sem filtros, acharíamos que é bonita


O que importa é o que está em nossos coração

e é isso que importa

Dinheiro não faz felicidade não

ele é usado para fazer bombas

Para ser bonita quando se tem dinheiro (temos dinheiro)

é mais fácil né

O dinheiro apodrece as pessoas

e as torna bonitas ao mesmo tempo, é fascinante

Nós não somos todos iguais em questão beleza Corrigir

é tão fácil ser arrogante quando as vemos caminhar

Jovem, antes de aprender um trabalho

Você precisa primeiro aprender

como retocar a foto de um currículo


A cabeça dela em seu telefone

Sem fones de ouvido, acharíamos que ela é louca

Sem o Google, acharíamos que ela é burra

E sem filtros, acharíamos que é bonita

https://www.vagalume.com.br/stromae/defiler-traducao.html

 

Elle défile

On voit nos vies défiler

Sur le fil

On voit les années filer

On essaye de filer droit

Et on n'peut pas rembobiner

Tout ces nœuds dans nos vies

Si on pouvait les dénouer

Alors dites-moi comment ça marche

Dites-moi comment ça marche

Dites-moi comment ça marche

Dites-moi comment ça marche


De toute façon, on marche dans les rangs

En groupe ou pas, on marche seul

Qu'on l'veuille ou pas on a une valeur marchande

du plus jeune âge au linceul

Marche ou crève mais marche droit

marche à l'envers ou ne marche pas

Et le business, ça marche

La santé, la famille et le reste, ça marche

Dites-moi comment ça marche

Dites-moi comment ça marche

Je l'sais qu'ce n'est pas toujours comme on le veut

Pas toujours comme on l'souhaite

mais je voudrais de vieux jours heureux

Dites-moi comment ça marche


Je me demande après toutes ces années

encore et encore

Je l'sais bien là où je ne vais pas

mais pas encore là où je voudrais aller

Je me doute bien qu'si je me laisse aller

ça me ferait pas tort

Je ferais bien de franchir le pas

en tout cas j'aurais tort de ne pas essayer

Si j'voulais j'pourrais même m'arrêter

faire machine arrière

D'ailleurs pourquoi les barrières

devraient être toujours dépassées

Pourquoi j'ai peur d'être dépassé, par qui et par quoi?

Je ne sais pas mais c'que je sais

c'est que si j'ai peur c'est que j'suis pas l'dernier

Comme si y'avait qu'une arrivée, qu'un seul endroit

Qu'une seule route où on devrait aller, ça m'étonnerait

Tout ce que j'sais c'est qu'je sais pas, j'y vais pas à pas

Ouais pas à pas, ouais pas à pas


J'y vais pas à pas

(pas à pas, pas à pas, pas à pas)

J'y vais pas à pas

Tout ce que j'sais c'est qu'je sais pas

J'y vais pas à pas

(pas à pas, pas à pas, pas à pas)


La tête dans son téléphone

Sans écouteurs, on la croirait folle

Sans Google, on la croirait conne

Et sans filtres, on la croirait bonne

C'est trop facile de juger, c'est trop facile de juger

Si son but dans la vie c'est de ressembler à Gigi

Mais sans chirurgie c'est plus Gégé que Gigi

Si l'école nous apprenait à faire des beaux selfies

Pour mieux démarrer dans la vie

pour mieux démarrer dans la vie

Sans savoir où on va, où on est

Sans même savoir où on finirait

Sans savoir où on est, où on va

Sans même savoir où ça finira

La tête dans son téléphone

Sans écouteurs, on la croirait folle

Sans Google, on la croirait conne

Et sans filtres, on la croirait bonne


C'qui compte c'est c'qu'on a dans l'cœur

et c'qu'y a sur le compte

L'argent ne fait pas le bonheur non

il sert à fabriquer des bombes

Être belle quand on a de l'argent (on a de l'argent)

c'est plus facile nan

L'argent pourrit les gens

et il les rend beau en même temps, c'est fascinant

On n'est pas tous égaux face à la beauté

c'est si facile d'être gros quand on les voit défiler

Petit, avant d'apprendre un métier

Faut d'abord apprendre

à retoucher la photo d'un Cv


La tête dans son téléphone

Sans écouteurs, on la croirait folle

Sans Google, on la croirait conne

Et sans filtres, on la croirait bonne

 

10.10.16

infertilidade masculina


Cecília

 

Um em cada dez casais tem dificuldade em engravidar.

 

Nesses casais que têm dificuldade em engravidar em 30 % dos casos o problema é da mulher, em 30% dos casos o problema é do homem, em 30 % dos casos o problema é dos dois e em 10% dos casos não se consegue detectar uma causa.

 

fonte: ceie.pt

 

 

A quantidade média de espermatozoides encontrada no sémen humano tem vindo a diminuir nos últimos 50 anos e parte dos motivos para este decréscimo – que levanta problemas de fertilidade – pode estar em várias substâncias com que os homens contactam diariamente. A encabeçar a lista dos “culpados” estão as hormonas contracetivas encontradas na água da torneira e também o bisfenol A (BPA), químico utilizado para fazer plástico e cujo uso foi já proibido, por exemplo, no fabrico de biberões.

O estradiol é uma hormona utilizada em vários dispositivos e contracetivos femininos (com destaque para a pílula) e a sua presença não é eliminada no tratamento de águas residuais e esgotos. Isto significa que passa incólume no ciclo da água e pode voltar a ser ingerida, com efeitos visíveis na qualidade do esperma.

Por outro lado, o bisfenol A pertence a uma classe de compostos denominados de disruptores do sistema endócrino e vários estudos mostram que a sua presença no organismo afeta as delicadas interações de ADN necessárias para produzir esperma. Para além do plástico de garrafas e biberões, o BPA também pode ser encontrado em latas de conserva e no papel usado nas caixas registadoras e multibancos.

 

http://www.paisefilhos.pt/index.php/destaque/7698-espermatozoides-sao-cada-vez-menos

 

 

O primeiro estudo comparativo feito em várias clínicas de reprodução assistida espanholas, ao longo de oito anos, concluiu que a qualidade do sémen decresceu 2% ao ano. A culpa, presume-se, é dos disruptores endócrinos, substâncias químicas que alteram o funcionamento do sistema hormonal, presentes no ambiente em que vivemos, como plásticos, tintas, pesticidas, herbicidas ou combustível queimado. Desengane-se quem pensa que a solução passa deixar de usar boxers justos.

 

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2015-11-05-Esperma-cada-vez-mais-fraco

 

 

Nos últimos anos, estudos de diversos países chegaram a uma conclusão preocupante: a quantidade e a qualidade dos espermatozoides no sêmen dos homens estão diminuindo. Ainda não é possível afirmar se a fertilidade está sendo afetada por esse fenômeno, mas essa redução não deixa de ser alerta importante sobre a saúde masculina. O sêmen é considerado um “termômetro” da saúde do homem, de forma que a queda na sua qualidade, mesmo que não implique em dificuldades de reprodução, não é um bom sinal.

Um dos estudos mais relevantes, realizado com 26.609 homens na França e publicado em dezembro do ano passado no periódico Human Reproduction, mostrou uma redução de 32% na concentração dos espermatozoides em um período de 17 anos. A média para homens de 35 anos de idade caiu de 73,6 milhões por mililitro de sêmen para 49,9 milhões.

 

http://veja.abril.com.br/saude/por-que-os-homens-tem-cada-vez-menos-espermatozoides/

 

 

 

A persistência é o caminho do êxito.


Charles Chaplin

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D