Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Um terramoto atingiu Londres quando eu tinha onze anos. O mundo abanou, caíram louças das prateleiras, utensílios, vidraças racharam-se e as pessoas correram para as ruas, gritando que era castigo de Deus. Infantilmente, encontrei conforto no tremer da terra. A ideia de que existia uma força maior do que a insignificância de homens e mulheres agradou-me. Nos dias que se seguiram ao terramoto, os arautos da desgraça anunciaram que pecados de Londres eram responsáveis pela terrível (...)
23 Set, 2019

38

(...) As palavras mais simples têm frio como a palavra amor como a palavra tempo (...) As palavras mais simples são as mais preciosas como uma sombra vã numa rua deserta      António Ramos Rosa in À MEMÓRIA DE PAUL ÉLUARD   António Ramos Rosa - Obra Poética I  Assírio & Alvim (2018)      
11 Jul, 2019

honra deliciosa

Vá Com Deus Vanessa da Mata (Sereia de Água Doce)   Vejo o povo dizer Que perdeu um amor Que quando estava lá Só rimava com dor Isso não é perda Isso é livramento Nesse mundo tonto Que vive rodando Vejo tanta gente desesperada Criando histórias Criando pessoas Criando paixões Medo da solidão Qual é o problema De estar na sua própria companhia? Vi um casal com sangue Ligação de ódio Eu sei que os dois Já não viviam Andavam nas ruas Meio mortos vivos Até que (...)
11 Mar, 2019

outra coisa

Água vai e se for outra coisa perdoai!     Álvaro Guerra – Razões de Coração (1991) Coleção Mil Folhas PÚBLICO (2002)     http://meioambientetecnico.blogspot.com/2012/10/tratamento-de-agua-e-esgoto.html   https://diariodovale.com.br/cidade/saae-bm-pede-desculpas-aos-consumidores-que-tiveram-o-valor-de-suas-contas-de-aguaesgoto-alteradas/