Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

17 Ago, 2017

(pseudo) gigantes

Não abuses do tamanho, não sei se sabes, gigante, que Deus castiga com força  quem rouba o que é dos outros.   José de Almada Negreiros, O MENINO D'OLHOS DE GIGANTE Poemas Escolhidos José de Almada Negreiros - Assírio & Alvim | Porto Editora 2016        
Quem tudo quer tudo perde dizem os que sabem muito e eu punha-me a chorar porque eu só queria tudo     José de Almada Negreiros, O Menino D'Olhos De Gigante (Serra de Sintra, outubro de 1921)   Poemas Escolhidos José de Almada Negreiros - Assírio & Alvim | Porto Editora 2016      Até nas coisas mais banais Pra mim é tudo ou nunca mais