Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

nasceram (13.06.2017)


Cecília

29
Jun17

 

Nascer é vir a este mundo

não é ainda chegar a ser.

Nascer é feito dos outros.

O nosso é depois de nascer.

 

 

José de Almada Negreiros, AS QUATRO MANHÃS - Primeira Manhã

Poemas Escolhidos José de Almada Negreiros - Assírio & Alvim | Porto Editora 2016

 

nunca imites ninguém


Cecília

02
Mai17

 

Nunca imites ninguém. Que a tua produção seja como um novo fenômeno da natureza.

 

Leonardo da Vinci

(15 de abril, 1452 — 2 de maio,1519)

 

 

 

 Estudos de embriões

(1510–1513)

 

 

In one of his most famous drawings, Leonardo depicts a human fetus lying inside a dissected uterus. Leonardo is considered to be the very first in history to correctly depict the human fetus in its proper position within the womb. He was also the first to expertly draw the uterine artery and the vascular system of the cervix and vagina. Leonardo is credited with drawing the uterus with only one chamber, contradicting theories that the uterus was comprised of multiple chambers which many believed divided fetuses into separate compartments in the case of twins.

 

in https://embryo.asu.edu/pages/leonardo-da-vincis-embryological-drawings-fetus

 

 

emboscadas, planos, contraplanos e contra-contraplanos


Cecília

23
Mar17

O plano da emboscada contra mim previa que entre as motos Honda do meu serviço de escolta e o automóvel blindado em que eu viajava se infiltrassem três motos Yamaha guiadas por falsos polícias que de repente travariam antes da curva. Segundo o meu contraplano, seriam afinal três motos Suzuki a imobilizar o meu Mercedes quinhentos metros antes para um falso rapto. Quando me vi bloqueado por três motos Kawasaki num cruzamento antes dos outros dois, percebi que o meu contraplano fora destruído por um contra-contraplano cujos mandantes eu desconhecia. 

 

 

Italo Calvino – Se Numa Noite de Inverno Um Viajante (1979)
Coleção Mil Folhas PÚBLICO (2002)

 

 

 

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir pra não chorar
Se alguém por mim perguntar
Diga que eu só vou voltar
Quando eu me encontrar

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar

Eu quero nascer, quero viver

 

Preciso Me Encontrar
Zeca Pagodinho