Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

30
Mai23

never

Cecília

Os homens eram inocentes e desprecavidos, se tomavam a fraqueza duma mulher como a prova da soberania deles. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

26
Mai23

a limpeza na AR

Cecília

Das mulheres dos hospitais, passamos para as mulheres do Parlamento. E não, não são as senhoras deputadas. Aqui fala-se daquelas que são as primeiras a entrar na casa da Democracia. Para a limpar. Às sete da manhã, quando ainda nem os jornalistas podem passar a barreira do detector de metais, já estas mulheres estão em São Bento, de pano e esfregona em punho. Enquanto os deputados se preparavam para discutir, por exemplo, se o 25 de abril deveria ser comemorado com 130 pessoas, ou se as figuras do Estado deveriam confinar-se aos seus espaços e festejar mais tarde a Liberdade, ouviam-se nos corredores os carrinhos atulhados de papel higiénico para garantir que os senhores deputados tinham todas as condições garantidas na hora de uma visita à casa de banho.

Como as cadeiras do Parlamento não se limpam sozinha através do teletrabalho, a solução para dominuir o risco de contágio nestes locais entre as profissionais de limpeza passou por criar um sistema de rotatividade, dividindo as cerca de 50 empregadas em dois grupos. Assim, as que trabalhavam durante uma semana ficavam em casa na semana seguinte. A exceção ia para os dias de plenário, cujos encontros foram reduzidos a um por semana durante o estado de emergência. Ou seja, nestes dias, todas as trabalhadoras se apresentavam ao serviço. 

 

Rita Pereira Carvalho  – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

 

08
Mar23

sororidade(s)

Cecília

[...] Ana Isabel [...] Tem 25 anos e é a prova de que os estereótipos servem para encher egos de quem nunca quis olhar profundamente para o que está à sua frente. O preconceito existe [...] Quando pegou numa esfregona pela primeira vez, dividia os dias entre as limpezas na redação de um jornal e as aulas do mestrado na área de estatística e análise de dados, um curso que está a tirar na Universidade de Coimbra, à distância. Os números e os detergentes cruzam-se neste caminho e cada um tem uma função muito específica - os primeiros são o sonho, os segundos, o caminho para tornar esse sonho palpável. 

 

Rita Pereira Carvalho – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

08
Mar23

Laroyê Minha Sinhá

Cecília

Escolha se quer estar vivo ou se pretende ser um morto-vivo.
Sua alma não morrerá nunca. Mas os seus sentimentos podem adoecer e secar. Não permita. Cultive rosas no seu coração e encontrará perfume em todos os caminhos por onde passar.

in https://www.umbanda24horas.com.br/mensagem-da-senhora-pombagira-rosa-caveira/

 

 

15
Fev23

pós cupidos geracionais

Cecília

Dona Rita, habituada a ser obedecida, só entendia a traição como forma de dissidência. Aceitou com relativa urbanidade a fuga do marido e não cortou relações com ele.

- Marido velho vira parente - dizia.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

14
Fev23

essencialmente

Cecília

[...]

Ser uma mulher é um grande passo,

ser causa de paixão é sublime empresa. 

[...]

Declaração -  Poesias de Iuri Jivago

Boris Pasternak – O Doutor Jivago (1957)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

06
Dez22

a cor [e a fala] do invisível

Cecília

De manhã são dezenas e durante a madrugada os autocarros transportam quase exclusivamente estas trabalhadoras[...] As noites nos autocarros da Carris, em Lisboa, e as conversas com quem acorda às três ou quatro da manhã para trabalhar deixaram a certeza de que este trabalho não é conhecido, nem reconhecido [...] as trabalhadoras de limpeza industrial são as que estão mais expostas. Limpam centros comerciais, escritórios, hospitais, aeroportos, bancos, lojas, estão em todos os edifícios, porque é raro o edifício que não tem uma empregada de limpeza. Ou um empregado. Ainda assim, apesar de se cruzarem com dezenas de pessoas todos os dias, continuam a passar despercebidas.[...]

A dirigente sindical Vivalda Silva admite a realidade e admite também, depois de umas contas de cabeça, que, no Oeiras Parque, por exemplo, os números são fáceis de apurar: «As trabalhadoras são maioritariamente africanas, uns 90%. Aliás, nem me lembro se está lá alguma portuguesa.»

O Centro Comercial Colombo, na freguesia de Benfica, segue a mesma tendência [...] «em 30 e tal pessoas em cada turno[...] 95% são africanas». [...] Basta fazer uma viagem de autocarro durante a madrugada para perceber que as mulheres negras são a maioria [...] Sanie dos Santos Reis [...] fez um exercício que permitiu transformar a observação em números [...] Em três meses, viu 2369 mulheres naquele autocarro às cinco e meia da manhã. Desse total, 2132 eram negras ou de nacionalidade estrangeira. Além do autocarro [...] fez 64 viagens no comboio que liga Sintra a Lisboa. A conclusão é a mesma: das 1820 mulheres, 1660 eram negras ou de nacionalidade estrangeira. 

 

Rita Pereira Carvalho  – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

27
Set22

impressão vincada

Cecília

As pessoas que apenas retêm uma impressão das coisas [...] são as que mantêm o equilíbrio no meio da corrente.

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

01
Abr22

tolas (in)capazes

Cecília

- Não a amo,  e pergunto a mim mesmo porque a não amo - disse. - Porque não há-de ter ela o brio de me desprezar e de me substituir pelo mais ridículo dos homens? Todos são mais dignos do que eu.

- As mulheres são assim. Não sei que aliciante tem o desprezo, que parecem lutar por ele como por uma vitória.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2022
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2021
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2020
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2019
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2018
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2017
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2016
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub