Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

02 Jul, 2017

mar

Um certo dia, chegou à aldeia o Tio Jaime Litorânio, que achou grave que os seus familiares nunca tivessem conhecido os azuis do mar.  Que a ele o mar lhe havia aberto a porta para o infinito. Podia continuar pobre mas havia, do outro lado do horizonte, uma luz que fazia a espera valer a pena. Deste lado do mundo, faltava essa luz que nasce não do Sol mas das águas profundas.  A fome, a solidão, a palermice do Zeca, tudo isso o Tio atribuía a uma única carência: a falta de (...)
02 Jan, 2017

(...)

Diz o meu nome  pronuncia-o  como se as sílabas te queimassem                                                          [ os lábios  sopra-o com suavidade  de uma confidência  para que o escuro apeteça  para que se desatem os teus cabelos  para que aconteça    Porque eu cresço para ti  sou eu dentro de ti  que bebe a última gota  e te conduzo a um lugar  sem tempo nem contorno    Porque apenas para os teus olhos  sou gesto (...)
13 Out, 2016

áfrica

  Margareth Menezes (13 de outubro de 1962)   "Recentemente, o escritor Mia Couto esteve de volta ao Brasil para a Bienal do Livro do Rio de Janeiro e mais uma vez me surpreendeu com uma simples frase: “Deixem a África contar sua própria história”. Isso bateu em mim como uma bigorna! Se pararmos pra pensar, o que realmente conhecemos sobre o continente africano, se não as informações trazidas de lá pelos povos que se meteram a colonizar o não colonizável? O que realmente se (...)
17 Ago, 2016

...

" A família, a escola, os outros, todos elegem em nós uma centelha promissora, um território em que poderemos brilhar. Uns nasceram para cantar, outros para dançar, outros nasceram simplesmente para serem outros. Eu nasci para estar calado. Minha única vocação é o silêncio. Foi meu pai que me explicou: tenho inclinação para não falar, um talento para apurar silêncios. Escrevo bem, silêncios, no plural. Sim, porque não há um único silêncio. E todo o silêncio é música em (...)