Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

23 Jan, 2020

a morte de alguém

Uma das histórias envolvia a duquesa de Vauquelin. Certa noite perdera bastante dinheiro a jogar às cartas. Com o rosto afogueado, passara a mão pela testa e, ao fazê-lo, deslocara uma sobrancelha artificial feita de pelo de rato. Sem que desse por isso, a sobrancelha começara a deslizar-lhe para a cara, sobre a maquilhagem branca do rosto.  - O que nos rimos - contou Sua Graça. - Incluindo a duquesa até a filha lhe explicar o sucedido. Não voltou a ser vista em público desde (...)
21 Jan, 2020

fantasma vivo

Estava exausta por causa do fantasma de um homem vivo. Não são os mortos que devemos recear, porque as suas almas desejam partir. São os vivos que nunca nos deixam em paz.    Wray Delaney - Memórias de Uma Cortesã  (2016) Quinta Essência, Oficina do Livro (2017)    
21 Jan, 2020

vivos mortos

Os mortos são frequentemente mais vibrantes que os vivos, livres do fardo da vida, irritados apenas pelo remorso.    Wray Delaney - Memórias de Uma Cortesã  (2016) Quinta Essência, Oficina do Livro (2017)      
09 Jan, 2020

a desgraça

A pressa sempre foi a minha desgraça.      Wray Delaney - Memórias de Uma Cortesã  (2016) Quinta Essência, Oficina do Livro (2017)    
08 Jan, 2020

pormenores vitais

  (há pormenores sem importância alguma que, somos assim e pronto, a memória não larga)     António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)