Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

buracos negros

A vida (...) virada para apenas um lado do telescópio, o espaço sideral, sem perceber que, quando se olha através dele, é ao espelho que nos vemos: não existem buracos negros no espaço sideral, algures a milhares de anos-luz da Terra. Esses buracos negros que vemos ao telescópio são os mesmos que não conseguimos ver dentro de nós. 

 

 

Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012)

Penguin Random House (2016)

 

 

 

 

troca fachadas

Não, ele vivia num bairro que parecia um bairro social, mas na verdade não o era, porque ali não aconteciam as coisas que era suposto acontecerem nos bairros sociais. Aquele bairro tinha sido fruto de uma excelente ideia do antigo presidente da Câmara, agora preso por corrupção, o que em termos práticos significava uma meia dúzia de milhares de euros a mais numa conta em nome de uma sobrinha, uma vivenda com mais pisos do que a maioria, um apartamentozito para a filha mais velha, algumas viagens a destinos turísticos muito parecidos e obviamente uma série de jantaradas e garrafas de whisky impossíveis de contabilizar. Mas, por injustiça, os partidos da oposição, os jornais locais, um ou outro nacional e o pessoal da vila já não mencionavam essa excelente forma que o antigo presidente tinha arranjado para resolver o problema das barracas. Talvez porque a ideia tivesse sido tão simples e tão boa, mas dava menos àqueles que também queriam algum extra para fazer aquela vida que era suposto fazer-se, quando se era mais ou menos político, mas o ordenado não deixava. 

 

 

 

Ricardo Adolfo,  Mizé - Antes gálderia do que normal e remediada 

Alfaguara (2011)

 

 

 

 

 

medição de tempos

Nas relações, o tempo comporta-se de maneira diferente. O único relógio que mede o passar destes tempos são os sentimentos. 

 

 

Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012)

Penguin Random House (2016)

 

 

 

 

esquece-te, sésamo

 Pedro Manuel Mamede Passos Coelho

(Coimbra, 24 de julho de 1964)

 

 

No inicio de 2015, torna-se do conhecimento público que, tal como 107 mil outros Portugueses, não pagou à Segurança Social a sua contribuição enquanto trabalhador independente, antes de ser nomeado primeiro-ministro, situação que aconteceu durante a Governação do Partido Socialista. À data, a dívida encontrava-se prescrita, mas optou por ainda assim pagar o valor em dívida. 

As suas primeiras declarações foram no sentido de que não pagou a dívida por desconhecimento de que o deveria fazer, uma vez que nunca havia sido informado para o fazer. Posteriormente, surgem indicativos que este pediu esclarecimentos sobre a sua situação fiscal, já quando ocupava o cargo de primeiro-ministro, tendo então intenção de pagar a dívida, já prescrita, quando o seu mandato terminasse. A polémica gerada em torno do caso foi categorizada pelo então Presidente da República, Cavaco Silva, como campanha eleitoral. A Autoridade Tributária e Aduaneira instaurou processos disciplinares aos funcionários que consultaram os dados fiscais de Passos Coelho, e de outros contribuintes, por alegada quebra de sigilo fiscal. 

Em novembro de 2017, a empresa Tecnoforma, da qual foi consultor e administrador, foi investigada pelo gabinete Anti-Fraude da União Europeia. No entender deste gabinete, há cerca de 7 milhões de euros que devem ser restituídos à UE. 

 

in https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedro_Passos_Coelho

 

 

 

 

o vazio

Assim pensam os homens com a razão e a lógica que se passeia nos insterstícios dos seus cérebros cinzentos, nessas dobras confusas que se assemelham a um intestino redondo ou a uma noz. Mas os homens que pensam com os sentimentos, têm outra lógica a nadar-lhes nas veias e artérias. Esses acreditam no vazio porque o vêem a toda a hora dentro de si. 

 

 

Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012)

Penguin Random House (2016)