Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nunca a canção fora tão bela e tão temida, como quando foi servida pelos Príncipes da Palavra. Muitos viviam exilados, ou, se estavam em Portugal, eram presos com frequência. Constituíam uma autêntica plêiade de poetas e baladeiros para quem a canção era uma arma. José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, José Mário Branco, Ary dos Santos, Sophia de Mello Breyner, Manuel Alegre, Natália Correia e outros. Mas até o rock, por fim emergente, acabaria por entrar também pelos (...)
03 Set, 2019

knickknack

No passado dia 19 de Agosto, o Presidente da República, depois de ter dado luz verde às alterações a diversos códigos fiscais uns dias antes, promulgou o chamado pacote laboral que introduz diversas alterações no Código do Trabalho. Em causa, estão 3 mudanças fundamentais: regras dos contratos a prazo, período experimental e bancos de horas.   Bancos individuais e grupais   A principal novidade consiste numa reviravolta relativamente aos bancos de horas individuais: (...)
04 Abr, 2019

o último

Todo este aparato, este cerimonial meticuloso não são novos para nós. Desde que estou no campo, já tive de assistir a treze enforcamentos públicos; mas das outras vezes tratava-se de crimes comuns (...) Hoje trata-se de outra coisa.  No mês passado, um dos fornos crematórios de Birkenau foi mandado pelos ares. Nenhum de nós sabe (e talvez nunca ninguém venha a saber) exactamente como é que a iniciativa foi levada a cabo (...)  O homem que irá morrer hoje diante de nós (...)
25 Abr, 2017

calendário abril

Abril é um abraço. É uma flor.  A flor que tem raiz no coração. Abril foi um sol dado. Um sol maior. Uma espingarda dentro da razão.    Joaquim Pessoa, in "Calendário" Amor Combate, Moraes Editores (1977)          
23 Fev, 2017

galinhas do mato

Se te disserem que um gorila salvou a tua irmã E que não é bonito pensares a todo o momento Na caixa de correio vazia Pensa bem, mano, na fórmula que adoptaste Para uma sociedade sem classes Onde não adianta patinar na relva como os ursos. Só eles possuem o dom do peso Aliado à levitação, Mas a um qualquer é permitido rir E falar alto como se acordasse em forma. Fora do orabolas em que foste criado Há muita coisa à espera de ser vista Pela primeira vez Se (...)
02 Ago, 2016

eterno Zeca sempre

"… de facto, os jovens por vezes não se destacam do sistema. Limitam-se a constatar que não há saídas. Essa atitude tem de ser modificada e são eles que a têm de modificar. Se for preciso partir a loiça, escavacar tudo isto, acabar com a burocracia para criar uma sociedade diferente, eles que o façam. Partam mesmo a loiça. Mas são eles que o têm de fazer. Não são os homens da minha geração. Os homens e as mulheres. Aliás, sem as mulheres não se pode fazer nada. Pressinto (...)