Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

13 Mar, 2020

não aumentar

  quando as pessoas muito atentas seja ao que for a idade aumenta logo    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)    
23 Jan, 2020

depois dos 35

a partir dos trinta e cinco anos, como garante o meu pai, entre outubro e abril sempre de mantinha nos joelhos e o ouvido já duro, principiamos a cair    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)      
1º  Amar a Deus acima de tudo e respeitar todos os Santos;  2º  Respeitar a Semana Santa; 3º Respeitar todas as Religiões e credos que elevam o nome de Deus – Nosso Pai;   4º Ajudar-se mutuamente;   5º Amar e não desmerecer nenhuma criança;   6º Respeitar os idosos e não desprezar a sua sabedoria;   7º Não mostrar o corpo;   8º Não se prostituir;   9º Manter a fidelidade entre os casais; 10º Não se envergonhar de sua origem; 11º Não deixar de (...)
17 Jul, 2018

resta ressuscitar

O teu avô pisava as uvas para fazer vinho, não era? Quando se chega a esta idade somos umas uvas, pisadas a vida inteira. Um dia, Nosso Senhor transformar-nos-á em vinho. Sofremos tanto que já só podemos ressuscitar, já não nos sobra mais nada.    Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012) Penguin Random House (2016)            
26 Jun, 2018

fado ferrari

Não tendo ainda descoberto a América e não podendo portanto receber auxílio do Plano Marshal, a extremidade ibérica deste nosso mundo ocidental atravessava então momentos difíceis. Sem indústria pesada, sem divisas da área do dólar, a contas com a inflação e com o maior cardume de tubarões de que reza a história, a sua economia não se mostrava à altura das circunstâncias. Os metálicos filões que haviam dado o nome às Idades do Cobre, do Bronze e do Ferro, tinham (...)
23 Set, 2017

dias a sim

  a crítica (...) expressa numa ausência de elogios     há pessoas que necessitam de um baloiço para o raciocínio     sempre me fizeram sonhar os comboios       me esqueci da professora mas as vírgulas ficaram, vírgula, segundo ela eram sempre úteis mesmo ao conversar - Com uma pausazinha na altura certa fica tudo mais claro       muito se morre em Portugal de facto     o avô do meu marido a abrir a tampa do relógio do colete - Nove horas (...)
  Foste de verdade, não de feito, a voz de Portugal.  (...) A Portugal, a voz vem-lhe sempre depois da idade  e tu quiseste acertar-lhe a voz com a idade e aqui erraste tu, não a tua voz de Portugal não a idade que já era hoje.  (...) Tu levaste empunhada no teu sonho a bandeira de Portugal vertical sem pender pra nenhum lado  o que não é dado pra portugueses. Ninguém viu em ti, Fernando, senão a pessoa que leva uma bandeira e sem a justificação de ter (...)
19 Mai, 2017

rugas (I)

 Arrugas Rugas     ¿ Quieren tomar algo? – preguntó acto seguido Madeleine.Con mucho gusto.¿ Qué quieren?Lo que haya – contestó Delphine, que ya se había dado cuenta de que más valía no llevarle la contraria. La mujer se fue a la cocina y dejó a los invitados en el salón. La pareja se miró en un silencio apurado. No tardó en volver Madeleine con dos tazas (...)
17 Mai, 2017

marear

Resta-nos ser mareantes e marear (...) Em «nós»   Maria Gabriela Llansol - O Começo de Um Livro É Precioso Assírio & Alvim (outubro 2003)       Somos a fachada de uma coisa morta E a vida como que a bater à nossa porta Quando formos velhos Se um dia formos velhos Quem irá querer saber quem tinha razão De olhos na falésia Espera pelo vento Ele dá-te a direcção Ninguém é quem queria ser Eu queria ser ninguém A idade é oca e não pode ser motivo Estás a (...)