Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Cecília (Argentina, 1998) é uma chimpanzé argentina. Ela é notória pois foi o primeiro ser vivo não-humano a receber um habeas corpus, que autorizou a transferência do seu cativeiro em Mendoza, na Argentina, para o Brasil. Em 5 de abril de 2017, ela chegou em seu novo lar, na cidade de Sorocaba, para viver no Santuário de Primatas de Sorocaba. in https://pt.wikipedia.org/wiki/Cec%C3%ADlia_(chimpan (...)
Eu, por vezes, sinto-me vazio. A minha ciência é desprezada. O conhecimento não interessa para nada. Os conhecimentos é que são importantes. Isto é um país de amigos onde, curiosamente, todos são meus inimigos. Ninguém se digna a perder tempo a ler o que ponho no mundo com toda esta sabedoria que me caracteriza. A sociedade é feita de dinheiro. A carne dela são cotações, cheques, cartões de crédito. Vende-se o que dá dinheiro. O que importa não importa. É o fim dos (...)
- A minha avó é mouca - diz Rosa.  - No fundo, somos todos. Só ouvimos o que nos interessa.      Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012) Penguin Random House (2016)         A população pede chacinas, principalmente quando não são com seus filhos. Se está morrendo na mão da polícia é porque alguma coisa errada estava fazendo. Até depois descobrir que não é isso" Patrícia de Oliveira da Silva, irmã de vítima da chacina      
10 Abr, 2018

zapata

Quiero morir siendo esclavo de los principios, no de los hombres.   Emiliano Zapata Salazar (San Miguel Anenecuilco, 8 de agosto, 1879 — Chinameca, 10 de abril, 1919)       Welcome to Tijuana Tekila, sexo y marihuana Welcome to Tijuana Con el coyote no hay aduana      
O Dia Internacional para a Tolerância foi instituído pela ONU como sendo o dia 16 de Novembro de cada ano, em reconhecimento à Declaração de Paris, assinada no dia 12 deste mês, em 1995, tendo 185 Estados como signatários. Foi instituído pela Resolução 51/95 da UNESCO.   A Declaração da ONU fez parte do evento sobre o esforço internacional do Ano das Nações Unidas para a Tolerância. Nela os estados participantes reafirmaram a "fé nos Direitos Humanos fundamentais" e ainda na dignidade e valor da pessoa humana