Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

ir aos planos superiores roubar um pouco de conhecimento (...) desatar os laços dos atacadores da identidade  (...) ver abrir as torneiras do gás da desistência (ou da sabedoria) quem?     Paulo da Costa Domingos in cabra-cega     Paulo da Costa Domingos – Carmina (1971-1994) Antígona (1995)     Parle à ta tête Je veux qu'on m'écoute, oui, je veux qu'on m'comprenne Je veux aimer, savoir pourquoi j'suis là, dis-moi pourquoi j'suis là Et je marche (...)
11 Jul, 2019

honra deliciosa

Vá Com Deus Vanessa da Mata (Sereia de Água Doce)   Vejo o povo dizer Que perdeu um amor Que quando estava lá Só rimava com dor Isso não é perda Isso é livramento Nesse mundo tonto Que vive rodando Vejo tanta gente desesperada Criando histórias Criando pessoas Criando paixões Medo da solidão Qual é o problema De estar na sua própria companhia? Vi um casal com sangue Ligação de ódio Eu sei que os dois Já não viviam Andavam nas ruas Meio mortos vivos Até que (...)
Te amé sin que yo lo supiera, y busqué tu memoria.  En las casas vacías entré con linterna a robar tu retrato.  Pero yo ya sabía cómo era. De pronto  mientras ibas conmigo te toqué y se detuvo mi vida:  frente a mis ojos estabas, reinándome, y reinas.  Como hoguera en los bosques el fuego es tu reino.   Pablo Neruda - Soneto      
28 Fev, 2019

voltar a ser

Depois de arranjar a janela partida e depois de o aquecedor começar a difundir calor, pareceu que em cada um a tensão afrouxara, e foi então que Towaroski (um franco-polaco de vinte e três anos, doente de tifo) propôs aos outros doentes que oferecessem cada um uma fatia de pão a nós os três que tivemos o trabalho, e a proposta foi aceite.  Um dia antes, tal acontecimento não teria sido concebível. A lei do Lager dizia: «come o teu pão e, se puderes, o do teu vizinho», e não (...)
a loucura, quando dá a um grande número de pessoas, chama-se sociedade contemporânea. Quando dá a uma pessoa só, interna-se essa pessoa.      Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012) Penguin Random House (2016)      
Os correios acabam de abrir e Manuel Moita dirige-se para lá. Tem oitenta e três anos, Alzheimer, e vai aos correios várias vezes por dia para saber se tem correspondência. As pessoas têm paciência e lamentam aquela insistência que nasce da solidão e da doença.      Os guardas sorriem quando o vêem. O cabo buzina enquanto o sargento Oliveira acena para o velho, que se assusta, encostando-se à parede. Então, no meio da confusão da sua cabeça, parece reconhecer aquelas (...)
25 Jun, 2018

gritar

Gritar é coisa de pessoa sozinha, pensa. Quando temos pessoas para nos ouvir não precisamos de gritar, pois não?    Afonso Cruz - Jesus Cristo Bebia Cerveja (2012) Penguin Random House (2016)     Solitários (1894) EDVARD MUNCH    
21 Jun, 2018

binários

Numa época em que a intolerância dos mais velhos em relação aos jovens e dos jovens em relação aos mais velhos chegou ao cúmulo, em que os mais velhos não fazem outra coisa senão acumular argumentos para dizerem finalmente aos jovens aquilo que eles merecem, e os jovens não esperam mais do que estas ocasiões para demonstrarem que os mais velhos não percebem nada, o senhor Palomar (...) percebe que ninguém quer sair dos binários do seu próprio discurso para responder a (...)