Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

então (lxcat) ... 18 anos depois

09.06.21

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
Não pela cor
Mas pela vastidão da alma
E trazem a poesia nos dedos e nos sorrisos
Ficam para além do tempo
Como se a maré nunca as levasse
Da praia onde foram felizes
Há mulheres que trazem o mar nos olhos pela grandeza da imensidão da alma pelo infinito modo como abarcam as coisas e os homens...
Há mulheres que são maré em noites de tardes...e calma

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

 

 

perdoar e avançar OU esquecer e passar à frente

17.02.21

A sua boca cerra-se num silêncio de fogo, num silêncio terrível como se temesse desencadear, abrindo-a, a tempestade dos mundos, a hecatombe redentora. É a própria boca da vontade, do amor que não perdoa. A vingança nela tem outro nome: a justiça. Ela é todo o passado, todo o presente e todo o futuro. 

 

António Ramos Rosa in  AS MUSAS - Obra Poética I

Assírio & Alvim (2018)

 

 

cecílias

28.12.16

(quis publicar este post  no dia 22 de novembro , dia de santa cecília,

um - pouco - dia de todas as cecílias, mas não foi possível; porém, nada acontece por acaso )

 

Cecílias são o desassossego
São meio diferentes, verdadeiras
Fogem ao convencional
E são belas por serem assim
Elas enchem a casa de alegria
E o coração de paz
Uma lembrança na eternidade
São livres, são delas mesmas
Borboleta sem casca, a menina
E eu só espero que numa dessas revoadas
Quando Cecília partir, se partir,
Que me leve com ela, e me deixe saudades
Se um dia eu, esquecido em sua memória
Teimar em chamá-la de volta
Buscando os laços que ainda entrelaçam os meus
Então que Cecília me encontre
Melhor, me reencontre.

(desconhecido)

in http://orkut.google.com/c5880345.html