Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

perceber de frente

20.01.21

Debra cruzou as pernas e a saia subiu.

«Tens pernas muito bonitas, Debra. E sabes vestir-te. Fazes lembrar-me as raparigas do tempo da minha mãe. Quando as mulheres eram mesmo mulheres.»

«Não digas mais, Henry.»

«Percebes o que quero dizer. E sobretudo em relação a Los Angeles. Um dia, não há muito tempo, deixei a cidade e, quando voltei, sabes como eu soube que tinha voltado?»

«Não...»

«Foi por causa da primeira mulher com que me cruzei na rua. Ela trazia uma saia tão curta que se viam as cuecas. E à frente das cuecas - desculpa-me - viam-se os pêlos da cona. Percebi que tinha chegado a L.A.»

 

Charles Bukowski – Mulheres (1978)
Coleção Mil Folhas PÚBLICO (2003)

 

 

esperanças de oriente

09.12.20

Que mais trazia consigo o ano de 1956?

(...)

Que mais novidades ainda?

Esperança: o parto sem dor - utilizado principalmente na Rússia e China comunistas - foi aceite pela Igreja Católica. 

 

Manuela Gonzaga – António Variações, Entre Braga e Nova Iorque (2018)
Manuela Gonzaga e Bertrand Editora (2018)

 

 

Beba, mas com moderação durante o período de vacinação contra a covid-19. É basicamente a recomendação que o Instituto Gamaleia, que produz a vacina Sputnik 5, da Rússia, fez hoje, negando informação de autoridade do governo russo sobre proibição do consumo de álcool nesse período.

in https://valorinveste.globo.com/mercados/internacional-e-commodities/noticia/2020/12/09/instituto-russo-nega-necessidade-de-abstinncia-de-lcool-durante-vacinao.ghtml

 

primeiro sono 2018

01.01.18

Esperaram pelo sono para se mudarem para o dia seguinte. Havia sempre esperança na travessia nocturna. Cada deus revia a criação no quieto da noite. Acender os dias era sempre a possibilidade de uma nova criação. Era importante dormir com esperança. 

 

 

Valter Hugo Mãe – Homens imprudentemente poéticos

Porto Editora (2016)

 

 

 

festas felizes?

13.12.16

Estudo revela que foram feitas, apenas num mês, 15 mil publicações no Twitter sobre o Natal. Férias é um dos “presentes” mais pedidos pelos portugueses. Dinheiro e roupa são outros dos bens mais pedidos!

(...)

Ainda de acordo com o estudo, “presentes” surge como o termo mais mencionado com um total de 6.700 referências, destacando-se, aqui, o “dinheiro” – com quase 400 menções – e “roupa”, com 120. Nesta última categoria, as preferências vão para vestuário e calçado da marca Adidas

(...)

Também o termo “férias” conquistou um número interessante de referências entre o total das publicações dos utilizadores, somando aproximadamente 3.000 tweets. (...)  “Já nem peço que chegue o Natal, só quero as férias”

 

in http://www.lux.iol.pt/nacional/13-12-2016/desejos-de-natal-nas-redes-sociais-sabe-quais-sao-os-presentes-mais-pedidos-pelos-portugueses