Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

28
Set22

A divindade que em meu peito mora / Pode agitar-me a alma até ao fundo; / Em minhas forças manda, mas lá fora / Não tem poder sobre as rodas do mundo. *

Cecília

[...] observou nele uma espécie de omnipotência versátil em que se pressupunha a tempestade interior. Aquele homem não tinha alma, se a alma é o orçamento da memória; mas sofria.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

* tradução de João Barrento

29
Mar22

enxerga até ver

Cecília

Ninguém tinha coragem de ser diferente daquilo que era. Para chegarem ao fim do dia, imagino até que ponto a vossa alma teve de enfrentar um processo de dissolução, as mentiras, vénias, galanteios e actos de servilismo por vós levados a cabo!

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

21
Mar22

primavera d'alma

Cecília

O rio Douro não teve cantores. Teve-os o Mondego e o Tejo também [...] O rio Douro ficou banido da lírica portuguesa com a sua catadura feroz pouco própria para animar os gorjeios dos bernardins, que são sempre lamurientos e que à beira de água lavam os pés e os pecados. E, no entanto, trata-se de um rio majestoso como não há outro.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

21
Jan22

alma

Cecília

Eu quero uma alma pintada de amarelo para lembrar que o sol nasce primeiro do lado de dentro.

Anónimo.

 

"Eu sempre quis fazer coisa diferente, não suporto rótulo, não sou refrigerante"
Frase proferida por Elza em mais de uma oportunidade.

"Do mesmo planeta que o senhor, Seu Ary. Do planeta fome"
Resposta de Elza no palco do programa de Ary Barroso, quando o apresentador tentou ridicularizá-la por sua aparência simples, perguntando-lhe de que planeta tinha vindo, na década de 1950.

in https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/musica/noticia/2022/01/vim-do-planeta-fome-relembre-10-frases-marcantes-de-elza-soares-ckynlclof002b0188xh7tjhwf.html

 

Elza Gomes da Conceição

(23 de junho de 1930 – 20 de janeiro de 2022)

 

20
Jan22

alma empoleirada

Cecília

... não preciso de palavras nem de nada arrumadinho [...]

«O silêncio é bem melhor; a chávena de café, a mesa. É bem melhor sentar- -me sozinho, como uma gaivota solitária que se empoleira num poste e abre as asas a todo o comprimento.

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

31
Dez21

[a minha na tua ] essência [tua na minha]

Cecília

She thought: This is the stupidest thing I have ever done. And then she thought: It's no stupider than that stupid baby shower I went to [...]  " Jack?" she called to him.

"Yes, Olive?" he called back.

"This is the stupidest thing I've ever done." She didn't know why she had said that.

"The stupidest thing you ever did was go to that baby shower," he called back, and Olive felt stunned for a moment.

 

Elizabeth Strout – Olive, Again (2019)
Penguin Random House UK (2019)

 

 

15
Jul21

detrações

Cecília

Há quem garanta que esta "é uma história mal contada". O já falecido historiador José Hermano Saraiva, conhecido admirador do ditador, disse e escreveu: «Aristides de Sousa Mendes é uma invenção de uma certa esquerda para denegrir a memória de Salazar.» E mais: «Quem salvou os refugiados em 1940 foi o comboio [...] para lá, levavam volfrâmio, e para cá traziam refugiados.» É a versão do "volfrâmio humanitário", uma perigosa tentativa de revisionismo. José Hermano Saraiva nem pensou nas questões técnicas: comboios para minério (abertos) não são a mesma coisa que comboios para passageiros. É verdade que os nazis também usavam comboios de carga (fechados) para levar pessoas para os campos de concentração... E há outro detalhe: a bitola dos comboios ibéricos não é a mesma dos comboios para lá da fronteira de Hendaye.

Para outros, a desobediência à Circular 14 é um episódio que em vez de nos encher de orgulho nos enche de embaraço, e é melhor nem falar no assunto. Seria muito melhor se fosse mentira. E há, na realidade, tentativas de contar os factos de outra maneira, algumas que demonstram até uma abundante criatividade. 

 

António Moncada S. Mendes – Aristides de Sousa Mendes, Memórias de Um Neto
Edições Saída de Emergência e António Moncada S. Mendes  (2017)

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub