Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

10 Fev, 2020

pratas

  há quantos séculos a minha mulher não alisa uma prata de chocolate com a unha    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)      
06 Fev, 2020

não parar

- Não pares não pares a pedirmos um ao outro - Não pares e prometo que não paramos  - Não paro não iremos parar, nunca iremos parar porque é agora, palavra, é agora, não sentes que é agora e nós juntos, nós unidos, nós presos um ao outro, que bom, até ao fim do mundo.      António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)      
  tudo o que entra na gente transforma-se na gente, comida, episódios antigos, molares,    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)      
30 Jan, 2020

tropeços

a tropeçar em si mesmo, não nos sapatos, a tropeçar no interior de si mesmo que é o género de tropeço que provoca as quedas mais graves    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)    
23 Jan, 2020

depois dos 35

a partir dos trinta e cinco anos, como garante o meu pai, entre outubro e abril sempre de mantinha nos joelhos e o ouvido já duro, principiamos a cair    António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)      
08 Jan, 2020

pormenores vitais

  (há pormenores sem importância alguma que, somos assim e pronto, a memória não larga)     António Lobo Antunes – A Última Porta Antes da Noite (2018) Publicações Dom Quixote (2018)