Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

02
Ago23

visto interesse(s) nacional/(ais)

Cecília

Dos cerca de 40 mil trabalhadores nas limpezas industriais, mais de metade não são portugueses. O STAD fala em cerca de 25 mil trabalhadores estrangeiros, ou cujos pais não nasceram em Portugal.[...]

A mão de obra estrangeira começa a aparecer quando os salários baixam para o mínimo possível. «Ganhava-se muito bem na limpeza. Nos anos 90, o setor da limpeza era onde mais se ganhava. Eu, por exemplo, cheguei a ganhar acima do salário mínimo cerca de 150 euros. Nos anos 90 era muito dinheiro. Depois, quando o salário começou a baixar, com ordenado mínimo, com direitos a serem reduzidos, claro que deixou de haver tanta oferta. Onde é que eles foram buscar? A quem precisava mesmo»

 

Rita Pereira Carvalho – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

18
Abr23

sem norte

Cecília

Quero falar-vos de uma criança

Que sofreu e ainda sofre

Com a devastação da guerra

E ninguém quer saber.

Uma criança cujos direitos são usurpados,

Cujos dias são contados,

Que passa a vida como uma pena.

Dizem que assinámos um acordo de paz,

Mas por amor de Deus,

De que paz falam vocês?

(...)

Sonhos destruídos,

Ambições quebradas.

Uma criança que sonha dormir sobre uma almofada

E estudar.

Tudo se desmoronou

Mas a nossa vontade continua forte

Porque acreditamos

Que haverá um amanhã melhor

E que a paz vai chegar.

(...)

Excertos do "Poema para a Paz" escrito por Muzdalifa, 17 anos, Sudão

(UNICEF)

 

https://gilmaraunesp.wordpress.com/2011/06/09/o-sudao-e-um-retrato-da-africa/

 

28
Mar23

Some of us are wise / Every other person over wise / Organize

Cecília

Veste a bata, vai buscar o carrinho a transbordar de detergentes, panos e esfregonas e segue o seu caminho. Tem três horas para limpar corredores, elevadores e escadas de um edifício com três andares. [...] O que se segue pode parcer simples em palavras, mas torna-se cansativo na prática: das seis às nove faz limpezas, das dez às 19 horas trabalha num call center e à terça-feira e quinta-feira, meia hora depois de terminar o atendimento a clientes de uma empresa, já está a tomar conta de uma criança, trabalho que se prolonga até às dez e meia da noite. Pelo meio, tem então uma hora entre as limpezas e o call center, uma hora de almoço, 15 minutos de descanso entre chamadas e meia hora entre o call center e o babysitting.[...] Resta dizer que, no meio de todos estes trabalhos, Ana Isabel ainda conseguiu montar o seu negócio de venda online de quiches, com sabores são-tomenses, brasileiros e portugueses.

E tudo isto, a começar nas limpezas e a terminar nas crianças, para quê? Ana Isabel só quer juntar dinheiro para conseguir pagar outro mestrado. 

 

Rita Pereira Carvalho  – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

13
Fev23

ganhos verdadeiros (or giving it all way)

Cecília

"Your father made very good investments," Bernie said.

She asked, "What did he invest in? I know he was an investment banker, but what did he invest in that made all this money? My God, Bernie, that's a lot of money."

"South Africa", Bernie said, glancing at some sheets of paper in from of him. "Way back [...]

"South Africa?" Suzanne asked. "Are you saying back when there was apartheid he was investing over tehre?" Bernie nodded, and she said, "But he didn't, Bernie. I asked him - when Mandela got released from prison - I asked my father if he had invested in South Africa and he said, 'No, Suzanne,' He told me that."

Bernie put the papers back into a folder.

"I'm giving it all way. Every penny. I don't want it." Suzanne sat back. "My God," she said.

Bernie said, "Do with it whatever you like."

 

Elizabeth Strout – Olive, Again (2019)
Penguin Random House UK (2019)

 

 

19
Out22

volta pra tua Terra mas tu nasceste na Amadora

Cecília

Só agora me apercebo do papel importante desempenhado pelas calças; de nada serve possuir uma cabeça inteligente se as calças estiverem coçadas.

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

“É Preciso Aprender a Dizer q Somos Áfrika”

Berço da Humanidade

Osmarino Anselmo

🌍✊🏿✊🏾✊🏽✊🏼✊🏻

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2022
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2021
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2020
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2019
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2018
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2017
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2016
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub