Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

28.01.19

Gold Digger


Cecília

- Ando a fazer escritórios e eles só querem que a gente vá limpar mais tarde.

- E vai de sacos e tudo?

- Não, isso não, apanho agora aqui o sete, desço lá ao pé de minha casa, ponho o comer no forno, deixo a mesa pronta para o marido e para os miúdos e depois vou, aquilo também é logo ali ao pé da estação.

- Deve custar, hã?

- Custa mais passar fome.

- Lá isso é verdade - disse a Mizé, que via ali mais um sinal de como aquelas não eram as pessoas com quem ela queria ter conversas de circunstância. Ela precisava de se rodear de quem a inspirasse, não de quem a deprimisse ainda mais. Ela precisava de desconhecidos com condutor particular, não de quem andava em transportes públicos. 

 

Ricardo Adolfo, Mizé - Antes galdéria do que normal e remediada

Alfaguara (2011)

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D