Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

futuro algum

Frequentava a Feira Popular o Chico Soldador, que se aposentara do ofício quando percebeu ( alguns o percebem já muito tarde! ) que, neste risonho país, trabalhar não conduz a futuro algum e que a vida pode ser ganha muito mais agradavelmente por quem, como ele, tenha pinta de galã italiano, cabeleira à Tony Curtis, vício do jogo, das noitadas e outros vícios maiores.

 

 

Vilhena – Branca de Neve e os 700 anões  (1962)

Edição fac-símile, A Bela e o Monstro Edições / Rapsódia Final, Unipessoal lda (2014)

 

 

 

8 comentários

Comentar post