Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

30
Set22

layers

Cecília

A conversação era então afável, com sinceridades que pareciam consequência da fadiga de certo tormento íntimo. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

29
Set22

nulla gloria

Cecília

A glória dos homens é viver em comum e sem desigualdade. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

https://cinevisao.pt/1618-2/

 

28
Set22

vida de retângulo

Cecília

A vida de província era acidentada pela luta mesquinha das opiniões, a intolerância das tendências, a proibição dos afectos; tudo amparado pela fisionomia das paixões, infames porque não contribuíam senão para iludir o tempo e esquecer a morte. Devoções, vícios, simples lágrimas de júbilo ou de luto, tudo resumia o grande tédio que é uma espécie de auréola do martírio para pequenas compleições.

Esses serões, aparentemente fúteis e decorridos em monotonia quase abacial, eram, no entanto, esperados com certo alvoroço. Às vezes deixavam um amargor de descontentamento, porque só traziam um debate a propósito de literatura, coisa que José Augusto parecia de repente abominar. Travavam diálogos bruscos, alterados, pelo gosto de se contradizerem e expandirem uma inimizade que, doutra maneira, não eram capazes de declarar. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

in https://henricartoon.pt/o-mau-exemplo-1567206

 

28
Set22

A divindade que em meu peito mora / Pode agitar-me a alma até ao fundo; / Em minhas forças manda, mas lá fora / Não tem poder sobre as rodas do mundo. *

Cecília

[...] observou nele uma espécie de omnipotência versátil em que se pressupunha a tempestade interior. Aquele homem não tinha alma, se a alma é o orçamento da memória; mas sofria.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

* tradução de João Barrento

28
Set22

sull'aria...

Cecília

Havia brasileiros e barões em grande abundância, e Camilo, olhando as suas correntes cruzadas nos coletes bordados, dizia alto: «Um asno carregado de dinheiro trepa por onde quer [...]».

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

27
Set22

impressão vincada

Cecília

As pessoas que apenas retêm uma impressão das coisas [...] são as que mantêm o equilíbrio no meio da corrente.

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

27
Set22

característica central apaparicada (não esquecida)

Cecília

Ah, mas isto não é bem fascismo, dirão os mais fascinados. Ok, ignoremos então em Meloni o ídolo Mussolini, os familiares de Mussolini, as ideias copiadas a Mussolini, os cachecóis com o lema "Deus Pátria e Família". Usemos o guia prático com 14 características comuns da ideologia criado pelo escritor Umberto Eco, e vejamos se elas se aplicam.

O culto da tradição e a rejeição da modernidade. A acção em vez da ponderação. O esmagar do espírito crítico, porque pensar pela própria cabeça é trair. O medo da diferença. O aproveitamento dos ressentimentos sociais. A obsessão pelas teorias da conspiração. Descrever o inimigo, simultaneamente, como muito forte e muito fraco. Desprezo pelos que estão na mó de baixo. Desprezo pelo pacifismo, que também é traição. A obsessão pelo heroísmo e o culto da morte. O machismo e culto das armas. Populismo elitista, em que a resposta emocional de uns poucos é difundida como a Voz do Povo. E finalmente o uso de uma comunicação simplificada, de vocabulário estridente e empobrecido, para limitar o uso da razão [...]

Aqueles que sim conhecem a História sabem como termina este filme que começa com pompa e arrogância: em desastre. Veremos então quem será o bode expiatório, porque se há uma característica central do fascismo que Umberto Eco esqueceu, é a divisão permanente da sociedade em Nós e Eles – em que Eles são os causadores de todos os males que nos afligem. Desta vez, os maiores candidatos a "eles" são os migrantes e a Europa. 

Hugo Guedesin https://www.wort.lu/pt/mundo/reviver-o-passado-em-roma-6332d1c2de135b92365616fa

 

 

27
Set22

forças centrífugas

Cecília

No centro do racismo está a ideia de inferioridade relativa, dificilmente ultrapassável, de alguns grupos humanos e as relações de dominação envolvidas nesse processo de inferiorização [...]

No quadro desta conceção sobre o racismo, não faz sentido dizer que pessoas negras são «racistas contra os brancos» pois no quadro das relações sociais instituídas nas sociedades de hoje as pessoas negras ocupam um lugar que não lhes confere o poder necessário à inferiorização racial de um outro. De igual modo, não faz sentido dizer que «os negros são racistas contra os ciganos», pois estes grupos são ambos, enquanto categoria racial, grupos denominados, inseridos numa hierarquia cujo funcionamento não controlam no actual statu quo social. Os conflitos que por vezes ocorrem entre estes grupos derivam de interesses conflituais ou de preconceito, mas não de racismo. 

Desligar o racismo das relações sociais de poder significa não compreender o que o torna uma força de exploração, segregação ou extermínio.

 

Jorge Vala  – Racismo, Hoje, Portugal em Contexto Europeu (2021)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Jorge Vala (2021)

 

 

22
Set22

mantra

Cecília

Não penses em nada com o coração descontente e fechado.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

transferir.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub