Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

Nariz de cera

16
Jan23

precious monday

Cecília

Poema para minha filha

Para ti, querida
Rosas e mel
E estrelas rutilantes,
Risos gritantes,
Muita ternura e carinho

E o Sol
Brilhando muito
Em frente ao teu caminho.

Deixa comigo o fel,
A dor, o desespero
Deixa que eu fira a pele
Nos ásperos abrolhos
Da vida.

Deixa chorar meus olhos
Deixa comigo
O peso do sonho tão antigo.

Para ti, querida
Paz, amor, ternura
Estrelas rutilantes,
Rosas e Mel…

 

Aires Almeida Santos

 

IMG_20230117_104139 (002).jpg

M. 

16.01.2014

 

15
Dez22

cansada [mas ainda bem]

Cecília

Há sempre uma qualquer coisa que tem de ser feita a seguir. Depois da segunda vem a terça, depois a quarta e a quinta. Cada dia espalha a mesma onda.

 

Virginia Woolf – As Ondas (1931)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

12
Dez22

terceira semana do advento

Cecília

«Houve uma senhora que tinha um marido que trabalhava fora, no Iraque ou na Arábia Saudita, ou lá o que era, que nos apareceu no CATUS com uma cólica renal.» Inscrição feita, vez chegada, o médico interpela a paciente sem a observar. «Como ela disse que era costume ter cólicas renais, ele encaminhou-a para a sala de tratamento, para levar uma injecção.» Na sala, estava de serviço um enfermeiro que pertencia ao quadro de um hospital e que fazia horas extra naquele  serviço do Algueirão. «Era um indivíduo muito batido, com experiência de hospitais, onde aparece de tudo. Solteiro, mas muito sabido», assegura Lurdes. «Quando ele manda a senhora despir as calças, olha para a barriga dela e manda chamar o médico.» O que alegadamente seria uma cólica renal era, afinal, uma gravidez em fase final. Literalmente. «Acontece que as dores já eram do parto e ela começa a dar à luz. E a criança acabou por nascer lá.» Entretanto o marido tinha acompanhado a paciente e encontrava-se na sala de espera. «Ele tinha vindo de férias há dois ou três dias, só que tinha estado fora um ano e tal. E não deu por nada.» João e Lurdes acreditam que ela contava ter tido a criança mais cedo, antes do regresso do marido, podendo assim desfazer-se dela, «de certeza absoluta». O médico então vem ter com o cônjuge e informa-o de que a mulher está prestes a parir, ante o ar incrédulo do interlocutor. «Não pode ser!» «Ai pode, pode.» Quando finalmente se conclui o parto e o emigrante enganado entra na sala de recobro improvisada, a mulher reage da seguine forma: «Vês, puseram-me aqui esta criança, o filho não é meu, puseram-mo aqui ao lado. Eu estou com uma cólica renal e estes sacanas meteram-me aqui uma criança!» [...] ainda assim, perante todas as evidências, a mulher passou a viagem para o hospital a negar convictamente a maternidade. Não sabemos se até hoje. «Depois é que os bombeiros nos contaram, ela ia com o marido na ambulância, porque tiveram de ser encaminhados para uma maternidade, e dizia sempre que a criança não era dela.»

 

Pedro Vieira – Em que posso ser útil? (2021)

Fundação Francisco Manuel dos Santos e Pedro Vieira (2021)

 

 

06
Dez22

a cor [e a fala] do invisível

Cecília

De manhã são dezenas e durante a madrugada os autocarros transportam quase exclusivamente estas trabalhadoras[...] As noites nos autocarros da Carris, em Lisboa, e as conversas com quem acorda às três ou quatro da manhã para trabalhar deixaram a certeza de que este trabalho não é conhecido, nem reconhecido [...] as trabalhadoras de limpeza industrial são as que estão mais expostas. Limpam centros comerciais, escritórios, hospitais, aeroportos, bancos, lojas, estão em todos os edifícios, porque é raro o edifício que não tem uma empregada de limpeza. Ou um empregado. Ainda assim, apesar de se cruzarem com dezenas de pessoas todos os dias, continuam a passar despercebidas.[...]

A dirigente sindical Vivalda Silva admite a realidade e admite também, depois de umas contas de cabeça, que, no Oeiras Parque, por exemplo, os números são fáceis de apurar: «As trabalhadoras são maioritariamente africanas, uns 90%. Aliás, nem me lembro se está lá alguma portuguesa.»

O Centro Comercial Colombo, na freguesia de Benfica, segue a mesma tendência [...] «em 30 e tal pessoas em cada turno[...] 95% são africanas». [...] Basta fazer uma viagem de autocarro durante a madrugada para perceber que as mulheres negras são a maioria [...] Sanie dos Santos Reis [...] fez um exercício que permitiu transformar a observação em números [...] Em três meses, viu 2369 mulheres naquele autocarro às cinco e meia da manhã. Desse total, 2132 eram negras ou de nacionalidade estrangeira. Além do autocarro [...] fez 64 viagens no comboio que liga Sintra a Lisboa. A conclusão é a mesma: das 1820 mulheres, 1660 eram negras ou de nacionalidade estrangeira. 

 

Rita Pereira Carvalho  – As Invisíveis, Histórias sobre o trabalho de limpeza (2022)

Fundação Francisco Manuel dos Santos, Rita Pereira Carvalho (2022)

 

 

05
Dez22

segunda semana do advento

Cecília

«Quem aniquila a velha nobreza é o ridículo da nova», dizia Camilo.

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

30
Nov22

primeira semana do advento

Cecília

Os prazeres do orgulho são às vezes mais apreciados que os prazeres do amor. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

30
Nov22

ver para descrer, como em São Tomé

Cecília

[...] ficaram assim pouco informados, o que quer dizer: ficaram aptos a desenvolver uma intriga. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

29
Nov22

manifs

Cecília

Os romances fazem mal a muita gente, menos aos autores. Há pessoas que não conseguem encontrar na vida vulgar o lugar próprio, e depois querem conquistá-lo à força. Julgam-se excepcionais e acusam os outros de não os compreenderem. 

 

Agustina Bessa-Luís – Fanny Owen (1979)

Colecção Mil Folhas / Bibliotex SL / M.E.D.I.A.S.A.T. e Promoway Portugal Ltda (2002)

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2023
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2022
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2021
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2020
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2019
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2018
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2017
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2016
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub