Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

alvoradas

"(...) sussurrar-te

Ao ouvido coisas ácidas e ternas 

Morder-te no pescoço   nos ombros   nas nádegas 

Sentir a humidade entre as tuas pernas 

 

(...)

" Enquanto gritas   que me odeias e me amas "

 

(...)

 

De joelhos como se implorasse 

Enterrá-lo bem fundo entre as tuas pernas

Deixar que um raio nos trespasse"

 

Jorge Sousa Braga, in "Escalada" 

 

 A Ferida Aberta, Assírio & Alvim E Jorge Sousa Braga (2001)