Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

a verdade

"... a verdade será esta: sem escravos, ninguém comerá o que aos outros pertence, todos seremos iguais e felizes, com férias para viajar e distrair o espírito e o corpo... Os homens terão o que desejam e a educação de apenas desejarem o que precisam ... (...) Diremos também: ó irmã máquina, que nos ajudas a fazer o pão e a fazer a roupa, que nos ajudas a descansar, que nos fabricas o tempo para adorarmos as coisas belas, a música, a poesia, o amor, as viagens..."

 

 

 

Augusto Abelaira - A Cidade das Flores (1959)

Printer Portuguesa  para o Círculo de Leitores (1980)