Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nariz de cera

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

anotações e apontamentos que dizem tudo - de, por e para mim - por si mesmos.

meu grande amor

" O granito agarra,

a luz encanta,

o rio marca,

o mar abre horizontes". 

O Porto (...) É difícil de entender; é difícil a entrada... mas, descobrindo a chave adequada, não se esquece e persiste a vontade de voltar". 

 

Manuel Cabral 

 

Digam o que disserem, o Porto continua cidade da liberdade, onde facilmente se troca o "v" pelo "b", mas jamais a autonomia pela submissão.

 

Rui Osório 

 

Para mim que sou de Lisboa, o Porto é um estado de alma, onde é preciso saber viver e admirar a sua luz, o seu claro-escuro, o sol e a sombra. 

Admiro o Porto pela sua verdade. 

 

Eduardo Ramos 

 

O Porto não tem fingimentos, tem a verdade do granito: acolhe e protege os bons, repele os que não prestam. No Porto, as pastelarias chamam-se confeitarias e os cães não mordem, ferram. Mas a lealdade e a solidariedade são valores inalteráveis. 

 

Inês Bustorff Silva 

 

Sente-se que o Porto não será uma paixão à primeira vista mas é, certamente, uma cidade que se aprende a amar para toda a vida (...) uma imagem inesquecível e de tão marcante nos acompanhará por toda a vida, num amor guardado bem fundo no coração. 

 

Manuel Lemos Ribeiro 

 

O espírito do Porto (...) É a graça aberta, a simplicidade, alguma rudeza, mas também pureza delicada. 

 

Antero Braga 

 

 

Porto de muitas partidas mas sempre, sempre de volta. 

Porto-Pai, Porto-Casa, assim sinto esta cidade muito especial. 

Onde nasci, onde cresci, de onde nunca quis sair e onde sempre quero regressar. 

Sou uma Rosa deste jardim muito especial, o Porto. 

Sem esta Terra não consigo viver. 

 

Rosa Mota 

 

 

in Espírito do Porto - Aguarelas de Vasco d'Orey Bobone 

2004 QN - Edições e Conteúdos SA

 

 

 

 

 

cecílias

(quis publicar este post  no dia 22 de novembro , dia de santa cecília,

um - pouco - dia de todas as cecílias, mas não foi possível; porém, nada acontece por acaso )

 

Cecílias são o desassossego
São meio diferentes, verdadeiras
Fogem ao convencional
E são belas por serem assim
Elas enchem a casa de alegria
E o coração de paz
Uma lembrança na eternidade
São livres, são delas mesmas
Borboleta sem casca, a menina
E eu só espero que numa dessas revoadas
Quando Cecília partir, se partir,
Que me leve com ela, e me deixe saudades
Se um dia eu, esquecido em sua memória
Teimar em chamá-la de volta
Buscando os laços que ainda entrelaçam os meus
Então que Cecília me encontre
Melhor, me reencontre.

(desconhecido)

in http://orkut.google.com/c5880345.html

 

 

 

 

 

 

um dia

A winter's day
In a deep and dark December
I am alone
Gazing from my window
To the streets below
On a freshly fallen, silent shroud of snow
I am a rock
I am an island

I've built walls
A fortress, steep and mighty
That none may penetrate
I have no need of friendship
Friendship causes pain.
It's laughter and it's loving I disdain.
I am a rock
I am an island

Don't talk of love
Well, I've heard the words before
It's sleeping in my memory
And I won't disturb the slumber
Of feelings that have died
If I never loved, I never would have cried
I am a rock
I am an island

I have my books
And my poetry to protect me
I am shielded in my armor
Hiding in my room
Safe within my womb
I touch no one and no one touches me
I am a rock
I am an island

And a rock feels no pain
And an island never cries

 

 

 

(obrigada sigre ) 

 

Pág. 1/5

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D